Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta AMOR E REVOLUÇÃO

Amor e Revolução acaba, mas Brasil ainda pergunta: quem é a garota da abertura?;Saiba quem é

Nos últimos nove meses, você se acostumou a ver Déborah Ascenção todos os dias no SBT. A atriz, apresentadora e produtora cultural interpretou a garota de vestido vermelho da abertura de Amor e Revolução, trama que chega ao fim nesta sexta, 13 de janeiro. Em entrevista exclusiva ao site da novela, Déborah fala da experiência de participar de uma abertura de telenovela. • Como foi participar da abertura? 
Foi muito bacana. Foi um trabalho mais próximo da dramaturgia, que é o que eu venho buscando. Conheci a equipe das novelas do SBT através de um amigo, que me levou ao SBT para que eu me apresentasse. Quando me ligaram me convidando para gravar a abertura, tinham 2 restrições: tirar as mechas loiras do cabelo e fazer um corte reto, pois seria uma novela de época. Topei na hora, pois a empolgação e carinho de todos, com esse novo trabalho era muito grande e isso me passou confiança. • Como foi o processo de criação do clipe?
As gravações acabaram acontecendo em 3 sábados seguido…

Gabriela Schmitt: Veja o novo visual de Graziela Schmitt

Graziela Schmmitt mudou radicamente o visual para a nova fase de sua personagem Maria Paixão na novela "Amor e Revolução", do SBT. A atriz abandonou os cabelos compridos e exibiu um novo corte, além de deixar os fios mais escuros.

Amor e Revolução: Lui Mendes revela que não sabia que a cena do beijo gay foi cancelada

O ator Lui Mendes, 40, não sabia que a cena do beijo entre Jeová, personagem dele, e Chico, interpretado por Carlos Artur Thiré, na novela "Amor e Revolução" (SBT) não iria ao ar ontem. Em entrevista por telefone , Mendes não quis comentar sobre o veto. "Para mim, como ator, é apenas mais um papel. Estou acostumado com essas coisas. Não é da minha alçada decidir sobre a cena, é 'extra-papel'." O primeiro beijo com demonstração de afeto entre dois homens homossexuais em novelas brasileiras seria exibido no capítulo desta quinta no folhetim de Tiago Santiago. O SBT, no entanto, vetou. Não é a primeira vez que um personagem gay do ator causa polêmica. Ele fez par romântico com André Gonçalves na novela "A Próxima Vítima" (Globo), em 1995. Na época, no entanto, nem foi cogitada uma cena de beijo entre os personagens. Lui explica que então havia sido chamado pela direção da Globo para o desafio de interpretar um casal homossexual, capaz de ser querido …

Amor e Revolução: Terá cenas de sexo ao ar livre, elenco anda descontente

Depois do beijo gay e da cenas de tortura não terem surtido efeito no ibope, a novela “Amor e Revolução”, do SBT, vai apelar para os descamisados. O artifício será usado mesmo após uma pesquisa ter mostrado que o público da trama é conservador. Os atores jovens do folhetim vão protagonizar muitas cenas de sexo e de sedução. ”Vou aproveitar o elenco, que é lindo. Vai ser um desbunde dos anos 1960, uma ode ao amor livre”, disse à coluna o autor Tiago Santiago. Segundo o novelista, “Amor e Revolução” exibirá cenas eróticas e de amor, como acontece na realidade. A coluna apurou que parte do elenco anda descontente com esse novo rumo.

Amor e Revolução: Hoje o resumo do dia 21/06/2011

AMOR E REVOLUÇÃO
Maria escreve carta a José. Diego se aproxima da guerrilheira e entrega poema a ela. O cubano diz que foi ele mesmo quem escreveu a poesia e declama para Maria. Miriam e José trocam beijos. Sincero, ele diz para Miriam que não quer que ela crie falsas esperanças. José afirma que Miriam merece ser correspondida no amor. Na maternidade, Jandira está radiante com o bebê em seus braços. Ela o chama de Ernesto. Filinto diz a Lobo Guerra que o envolvimento dele com Feliciana é uma falta de respeito. Lobo Guerra justifica que Feliciana é sua fiel seguidora.  Beto, Chico, João e Stela conversam sobre a próxima peça. Eles temem que o novo texto também seja censurado. Henrique revela sua paixão a Heloisa, mas ela o rejeita. Gabriel descobre que Fernanda é do Dops e fica ao lado de Edith. Os dois se beijam. Lara e Alice conversam sobre o desaparecimento dos pais. Filinto flagra José e Miriam aos beijos. Dissimulado, Filinto provoca José, que o ameaça. José conta a Miriam que Filin…

Silvio Santos ordena que Tiago Santiago troque drama por humor em "Amor e Revolução"

De acordo com Ricardo Feltrin, Silvio Santos reclamou do baixo desempenho da novela "Amor e Revolução" em reunião nesta terça-feira, no Complexo Anhanguera. Silvio fez a queixa diretamente ao autor da novela, Tiago Santiago, que se prontificou a efetuar várias mudanças. A despeito da repercussão e polêmica que a novela desencadeou na internet, "Amor e Revolução" não passa de cinco pontos de média na Grande São Paulo. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios assistindo à história, que se passa na ditadura militar. Dentro de duas semanas a novela sofrerá uma guinada de 180 graus. Diálogos sobre política, personagens discursando para criar contextualização histórica, assuntos referentes a millitares serão praticamente abolidos da história. Em seu lugar haverá mais cenas de humor, amor e outros relacionamentos. Procurado pela reportagem nesta tarde, Santiago não quis comentar sobre a "bronca" de Silvio Santos, mas confirmou que a novela terá algumas mudanças d…

Tiago Santiago explica briga com diretor de "Amor e Revolução"

Na última semana, o autor da novela "Amor e Revolução", Tiago Santiago, chegou a dispensar o diretor geral Reynaldo Boury, contratado especialmente para dirigir a trama do SBT. Daniela Beyruti, que está à frente do artístico da emissora, conseguiu reverter a situação e agora tudo está normal. Tiago Santiago explicou o que realmente aconteceu: "Foi apenas uma discussão de pessoas que trabalham juntas. Mas já está tudo bem. Admiro o trabalho dele e vamos dar continuidade à parceria", disse. Nos bastidores, cogita-se que o desentendimento aconteceu por Santiago discordou de alguns cortes feitos por Boury. Em termos de audiência, "Amor e Revolução" ainda vai mal. Na última segunda (6), por exemplo, o folhetim registrou apenas 3 pontos de média

Público estranha militares vilões em "Amor e Revolução"

Ainda em baixa no SBT, uma pesquisa de opinião sobre a novela "Amor e Revolução" apontou que o público estranhou o fato de militares aparecerem como vilões na história, enquanto os comunistas ficam como heróis. Segundo a coluna Outro Canal, Tiago Santiago acredita que a época da ditadura militar é ignorada pela imensa maioria da população. A mesma pesquisa mostra que os depoimentos no final da trama têm agradado. Nesta semana, a direção de "Amor e Revolução" foi a Porto Alegre gravar com o ex-marido de Dilma Rousseff, Carlos Araújo.

AMOR E REVOLUÇÃO: Beijo gay desta vez entre homens

Agora será a vez dos homens quebrarem tabus! Após o beijo lésbico entre duas mulheres em Amor e Revolução, o autor Tiago Santiago prepara o primeiro beijo gay entre dois homens. A cena, segundo o dramaturgo, está escrita. Os atores que quebrarão o tabu na tevê brasileira são Carlos Thiré e Lui Mendes, que interpretam Duarte e Jeová na trama. Com o beijo, Lui Mendes passará a ter novamente um lugar na história da teledramaturgia brasileira no que diz respeito à homossexualidade, em mais um tabu que o SBT quebrará em breve. Para quem não sabe, o ator interpretou o gay Jeferson, que na novela "A Próxima Vítima" (1995) fazia par romântico com Sandrinho (André Gonçalves). O par causou enorme polêmica em todo o país, e André Gonçalves foi até agredido na rua por homofóbicos. Curiosamente ou não, nestes mesmos 16 anos depois, André permanece firme na Globo, e vive outro personagem homossexual, agora em Morde e Assopra. Previsto para ir ao ar até o início de julho, o romance entre Jeová e…

AMOR E REVOLUÇÃO: "Tô louco para ver a cena", diz autor sobre beijo gay

Nesta quarta-feira (11), Tiago Santiago será o primeiro dramaturgo do país a escrever uma cena de beijo gay que será, de fato, exibida na televisão brasileira. Apesar da curiosidade, o autor não pôde acompanhar as gravações e ainda não viu as imagens editadas. “Até agora só vi fotos. Vou ver a cena no ar, junto com o povo”, confessa. Santiago conta que não teve que enfrentar nenhum obstáculo dentro do SBT para realizar a façanha. “Ninguém levantou a voz contra. Houve uma aceitação boa, sem recusa” comemora Santiago, que faz questão de frisar as tentativas dos autores Glória Perez e Aguinaldo Silva em levar a cabo uma cena de beijo entre duas pessoas do mesmo sexo. Em 2005, a dramaturgia da rede Globo não apenas escreveu uma cena do gênero para a novela “América”, como os atores Bruno Gagliasso e Erom Cordeiro chegaram a gravar o beijo, que acabou sendo vetado pela emissora. Já Aguinaldo escreveu a cena para a novela “Duas Caras”, que estreou em outubro de 2007, na qual os personagens do…

Amor e Revolução: Resumo dos Capítulos 11 de Maio

Quarta-feira (11/5) - Dr. Ruy faz ameaças a Henrique Maria diz para José que não tem tempo e nem espaço para o amor dele. Dra. Marcela revela a Marina que tem uma amiga homossexual que está interessada nela. Desconfiada, Marina pergunta se a tal amiga é a própria Marcela. Duarte comunica os integrantes do grupo de teatro Vanguarda que Telmo vai ser seu assistente de direção. Na cantina, Aranha faz terror psicológico com Beto, que não entrega Geraldo Cordeiro. Os policiais começam a espancá-lo. José e Maria têm uma noite de amor. Olivia fala para Ana que Filinto e Lobo Guerra mataram o avô de Alice e Lara. Tavares e Fernanda estão infiltrados entre os estudantes da faculdade. Heloisa, Edith, Monica e Tatiana falam sobre a revolução. Desconfiada, Marta diz a Bete que Tavares e Fernanda são militares disfarçados. Dra. Marcela revela a Marina que está apaixonada por ela. Depois da noite de amor, José pede Maria em casamento. Maria nega e diz que tem um compromisso com Batistelli e Jandira.…

AMOR E REVOLUÇÃO:

Em “Amor e Revolução”, novela do SBT, Filinto Guerra (Nico Puig) leva Olívia (Patrícia de Sabrit) para o galpão de torturas. Ele faz terror psicológico e dá choques em sua própria mulher. A cena será exibida no dia 16.

AMOR E REVOLUÇÃO: SBT exibirá beijo gay entre Marcela e Marina

Vai ao ar no capítulo do dia 11 deste mês o primeiro beijo gay em uma novela brasileira. A cena será exibida na trama "Amor e Revolução", de Tiago Santiago, no SBT. Marcela (Luciana Vendramini/foto/esquerda) vai consolar Marina (Giselle Tigre/foto/direita), dona do jornal O Brasileiro. Marina está triste porque Tiago (Mario Cardoso) não dá bola para ela. A advogada então se aproveita da situação e afirma que conhece uma pessoa homossexual que gosta dela. "Desconfio que essa amiga seja você", retruca Marina. Marcela dispara que realmente é apaixonada por ela e as duas se beijam. As cenas entre as duas vão se tornar frequentes na novela do SBT. "Amor e Revolução" vai ao ar às 22h30 pelo SBT.

AMOR E REVOLUÇÃO: Bate recorde negativo de Ibope

Drasticamente afetada pelo último capítulo de "Ribeirão do Tempo", que teve 17 pontos de média na Record, "Amor e Revolução" teve o seu pior desempenho desde a estreia, em abril. A novela de Tiago Santiago registrou apenas 3 pontos de média segundo dados consolidados do Ibope na Grande São Paulo. Anteriormente, o recorde negativo era de 4 pontos. O baixo desempenho de "Amor e Revolução" foi destaque até mesmo entre as novelas do SBT. "Uma Rosa com Amor", escrita pelo mesmo autor, teve 5 pontos na faixa das 16h. "Amigas e Rivais", de Letícia Dornelles, e "Maria Esperança", de Yves Dumont, tiveram 6 pontos respectivamente.